19/02/2014

Notícias Avaré urgente: Imagem principal

SEMIFINAL AGITA POPULAR DE FÉRIAS DA AAA

O 52º Campeonato Popular de Férias de Futsal da Associação Atlética Avareense (AAA) entra na semana decisiva.

 

Na terça-feira, 18, dois jogos movimentaram a semifinal da competição. No primeiro jogo, válido pela categoria veterano, a equipe do Bar do Bola7 derrotou o Retifica Mundial Soboro por 8 a 6 e se classificou para a final. Já no adulto se enfrentaram as equipes do Brabância Size e do Pinheirão/Farmácia São Bento. Até o fechamento desta edição a partida não havia terminado.

 

Nesta quarta-feira, 19, serão definidas as outras duas equipes finalistas da competição. No primeiro jogo, a equipe de veteranos de Itatinga encara o Kinhos Bar do Pancho e da Coordenadoria de Cerqueira César. Já a equipe adulta do Ousadia e Alegria de Itaí encara oBar do Bola/Banca da Economia.

 

FINAL - As duas grandes finais da competição serão realizadas na próxima sexta-feira, 21. Os jogos têm início programado para as 20 horas e estão sendo realizados no ginásio do clube.

19/02/2014

Notícias Avaré urgente: Imagem principal

DUAS MULHERES E UMA MENOR SÃO PRESAS POR TRÁFICO EM ARANDU

Três jovens foram presas em flagrante por tráfico de drogas na tarde de segunda-feira, dia 17, em Arandu.

 

Segundo a Polícia Militar, elas estavam com 50 gramas de maconha. Das três suspeitas, uma tem 17 anos. As outras duas, de 20 e 18 anos, vão responder processo por tráfico de drogas e corrupção de menores.

 

De acordo com informações da polícia, as mulheres conseguiram a droga em Avaré e voltaram para revender em Arandu.  Duas suspeitas foram encaminhadas para a penitenciária de Pirajuí. A menor foi levada para a Vara da Infância e Juventude de Avaré.

18/02/2014

Notícias Avaré urgente: Imagem principal

VEREADORES NÃO PODERÃO UTILIZAR A PALAVRA LIVRE PARA FAZER REQUERIMENTOS E INDICAÇÕES

A decisão da presidente da Câmara de Avaré, Bruna Silvestre, em determinar que os vereadores não possam se utilizar da palavra livre para elaborar requerimentos e indicações gerou polêmica na sessão de segunda-feira, dia 17.

 

O primeiro a mostra sua insatisfação foi o petista Francisco Barreto. “A partir de hoje nós não podemos mais fazer nenhuma indicação e nenhum requerimento na palavra livre. Entendo o esforço de vereadores de utilizar a palavra livre para fazer requerimentos e indicações. Tem casos de somos necessários fazer, como hoje onde eu fui procurado às 16 horas por moradores fazendo reclamações e eu somente vou poder fazer o requerimento para esse vereador na sessão da próxima segunda-feira e vai atrasar o andamento para esse munícipe ser atendido. Eu acho que vai atrapalhar o andamento de alguns pedidos, mas a gente tem que respeitar. Fica aqui a minha indignação”, destacou.

 

O também petista Ernesto Albuquerque destacou o descontentamento de alguns vereadores com a “proibição” de elaborar requerimentos durante a palavra livre. “Palavra livre que tem regras como essa que não pode fazer requerimento, que não pode fazer indicação é palavra presa. Eu quase não faço requerimentos durante a palavra livre, mas defendo o direito daqueles que se utilizam da Tribuna de fazê-lo. Eu percebo o descontentamento de alguns vereadores desta Casa porque muitas vezes chega pra gente um pedido de ultima hora e você não pode fazer (requerimentos) porque foi um ato da presidente e não da Mesa”.

 

SEM PROPOSTAS – A vereadora Rosangela Paulucci destacou estar preocupada com o ato da presidente Bruna Silvestre. “Eu estou um pouco preocupada porque eu não posso mais fazer propostas na palavra livre. O ato da senhora presidente (Bruna Silvestre) diz que diante da ausência de previsão regimental não será mais admitida apresentação de proposituras, incluindo requerimentos e indicações durante a realização da palavra livre. Propositura em qualquer dicionário e eu fui verificar são propostas. Como uma parlamentar vem até a Tribuna Livre... palavra livre é de livre escolha do vereador inscrito só que é uma palavra livre onde eu não posso fazer propostas, incluindo requerimentos e indicações. Eu estou tão preocupada com o que eu vou fazer aqui porque eu posso estar fazendo um ato absurdamente ilegal e de repente fazer uma proposta. Eu me preocupo com o que eu vou fazer aqui porque o ato me diz que eu não posso fazer propostas. O que eu vou fazer aqui?”.

 

A FAVOR – O vice-presidente do legislativo, vereador Marcelo Ortega foi favorável a decisão. “Eu acredito que a palavra livre é o momento adequado para expressão de pensamento e posições ideológicas do parlamentar e eu acho que a Câmara está bem organizada de forma que temos um momento para apresentar os requerimentos e indicações e agora nós temos um momento mais livre para expressar as posições, pontos de vistas e fazer algum apontamento, critica e eu estou de acordo com essa alteração”.

 

Já a presidente Bruna Silvestre explicou o porquê da decisão. “No artigo 97, 100 e 101 do Regimento Interno não fala nada de fazer requerimento e indicação (na palavra livre). Não há previsão legal no Regimento Interno... que preconiza que as proposituras devem ser protocoladas até as 14 horas do dia da sessão, não existindo previsão regimental para a apresentação (dos requerimentos) durante a palavra livre. A Lei Orgânica, em seu artigo 26 fala que dentro de outras atribuições compete a presidência da Câmara interpretar e fazer e cumprir o Regimento Interno. Essa é uma Casa de leis e a gente tem que dar exemplos”.

18/02/2014

Notícias Avaré urgente: Imagem principal

ASSESSOR DE BRUNA SILVESTRE SERIA O ÚNICO A RECEBER FUNÇÃO GRATIFICADA NA CÂMARA

Os vereadores Ernesto Albuquerque e Bruna Silvestre apresentaram mais divergências durante a sessão de segunda-feira, dia 17. Depois de explicar sobre o caso da acusação de que teria retirado um documento da Mesa da presidente sem autorização, o petista acabou revelando que Bruna Silvestre teria determinado, através de um ato, que seu assessor recebesse uma função gratificada.

 

“Teve vários casos que foram decididos pela Mesa (Diretora) somente um caso que não. Do assessor da Bruna Silvestre, que ela fez um ato para dar uma função gratificada para o assessor dela, que eu não vou entrar no mérito, porque é um bom funcionário. Foi um ato fixado no átrio desta Casa e não foi publicado no Semanário, agora nós temos 13 assessores e apenas um recebe função gratificada que é o assessor dela”, destacou.

 

Para Ernesto, a presidente não poderia ter tomado a decisão sem consultar os demais membros da Mesa Diretora. “O que diz a Lei Orgânica, é que é o papel da Mesa (Diretora) atribuir as funções gratificadas e não do presidente. Vamos obedecer a lei ou não vamos? Acabou de dizer que tem que cumprir as leis. Artigo 25: é função da Mesa conceder gratificação. Estou fazendo uma ementa a essa lei. É justo que o assessor dela receba, mas somos em treze assessores e todos tem a mesma função. Não pode mais ter ato da presidência para dar função gratificada, tem que ser ato da Mesa, assinado pelos quatro membros”.

 

RESPOSTA – Em resposta as declarações do petista, a presidente Bruna Silvestre acabou explicando o porquê de ter decidido em dar uma função gratificada para seu assessor. “Assuntos relacionados aos andamentos dos trabalhos desta Casa vamos tratar internamente... eu somente dei uma gratificação para meu assessor porque ele faz mais do que ele está fazendo. Quando assumi eu passei um assessor meu para o Marcelo (Ortega) e eu estou sobrecarregada. Eu sai hoje as 5 horas e não tinha almoçado e ele fica aqui até mais de duas horas sem sair pra almoçar. Se for assim vai ter que passar um assessor do Marcelo para mim. Nada justo que eu dar uma gratificação, porque tem dia que não tem motorista aqui. Essas picuinhas eu quero resolver internamente”, finalizou. 

18/02/2014

Notícias Avaré urgente: Imagem principal

SECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE APRESENTA PLANO DE TRABALHO NA CÂMARA

O secretário municipal de Meio Ambiente, Julio Ruffin Pinhel, apresentou na sessão de Câmara desta segunda-feira, dia 17, o plano de trabalho da pasta para o ano de 2014.       

                                                                            

Em atendimento à solicitação dos vereadores, Julio compareceu à sede do Poder Legislativo. Em sua explanação, destacou que ao assumir a pasta em outubro de 2013 dedicou-se à formulação de respostas e providências a inquéritos civis movidos contra o município (até o ano de 2012) em razão de danos ambientais. "Tomamos essas ações como lição para (direcionar) nosso trabalho. Existem na secretaria processos não respondidos desde 2000", disse.

                

Tomando como ponto de partida elementos do Plano Setorial de Meio Ambiente, o secretário esclareceu as metas da pasta para o gerenciamento de resíduos, sobre as 16 erosões presentes no município, o plano de arborização e também acerca da discussão sobre os serviços de coleta de lixo, varrição, capinação de praças, jardins e áreas verdes, arborização, compensação e educação ambiental.                 

 

Sobre dificuldades estruturais da secretaria, Julio lembrou da contratação de três novos fiscais por meio de concurso público. Esses profissionais atenderão as demandas de fiscalização de depósito irregular de entulho e lixo em terrenos baldios.            

 

Em diálogo com o vereador Marcelo Ortega (PV), Pinhel destacou a importância da educação ambiental nas escolas e entidades da sociedade civil e também da implantação de um plano municipal de saneamento e resíduos sólidos e de um sistema municipal de meio ambiente integrado ao Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama).             

                                                                                                                     

Por fim, Julio destacou ainda a busca da prefeitura por convênios e verbas estaduais, como o Fundo de Interesse Difuso (FID), e federais para aplicação em ações de proteção ao meio ambiente.    

Primeira Página   315   316   317   318   319   320   321   322   323   324   
325
   326   327   328   329   330   331   332   333   334   335   Última página   
 Anúncios Avaré urgente: Logomarca

  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas